Segunda, 21 Janeiro 2013 20:00

SEMUSP realiza limpeza urbana e pede apoio da população

Publicado por
Avaliar
(0 Votos)

valmir e semuspA Prefeitura Municipal de Candeias, através da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SEMUSP), tem trabalhado com afinco para garantir melhorias no município. O programa Cidade Limpa, como é intitulado, leva às ruas da cidade a equipe de funcionários da SEMUSP onde realizam um grande mutirão de limpeza nas avenidas de todos os bairros do município, coleta do lixo depositado em frente às residências e pontos comerciais, limpeza de bueiros e bocas de lobo, e outros serviços que visam o bem-estar da comunidade.

O secretário da SEMUSP, Rando Silva, juntamente com o Secretário de Assuntos Estratégicos, Valmir Ramalho, estiveram ontem (09), in loco fiscalizando o trabalho em algumas avenidas e terrenos que receberam trabalho de limpeza e retirado de lixo. Aproveitou e conversou com alguns moradores e relatou que a prefeitura está fazendo sua parte e solicita a colaboração de toda a população para que não deixe restos de materiais nas ruas e que fiscalize o problema juntamente com o poder executivo.

“As calçadas e as ruas não são lugares propícios para o acúmulo de sujeira por muito tempo porque pertencem aos pedestres e veículos, respectivamente. Então as pessoas que jogarem lixo pelas ruas e terrenos serão notificadas pelos fiscais municipais e depois arcarão com as multas que serão aplicadas” pontua Rando. “Mas para isto acontecer vamos primeiro fazer este mutirão de limpeza geral em todos os bairros, levar aos meios de comunicação e entregar aos moradores cartilhas sobre a lei orgânica do município que aplicará multa para aquele que não cumprir a lei do município”, conclui.

Rando lembra que a responsabilidade por cuidar do bem-estar de todos também é do próprio cidadão. “Cuidar do seu quintal, da sua calçada, da sua rua e ajudar a cuidar do seu bairro faz parte do dever do cidadão. Ele pode cobrar, mas precisa assumir sua parcela de responsabilidade para aumentar ainda mais a qualidade de vida da nossa cidade” ressalva.

Alerta também que o objetivo é eliminar focos com a retirada de materiais e recipientes que possam servir de criatório para o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, assim como evitar que o lixo não tampe a passagem da água das chuvas nos bueiros, podendo causar danos à saúde da população, sem contar a contaminação do meio ambiente.