Quarta, 13 Agosto 2014 13:42

Prefeito Careca participa de Diálogo Municipalista em Cacoal

Publicado por
Avaliar
(0 Votos)

prefeito CarecaO Prefeito de Candeias do Jamari, Francisco Sobreira de Soares Careca (PSDB) está em Cacoal, participando do Diálogo Municipalista 2014 promovido pela Confederação Nacional dos Municípios – CNM, em parceria com a Associação Rondoniense de Municípios – Arom, juntamente com os demais prefeitos de todo o Estado de Rondônia e secretários municipais. O assessor especial Moisés Batista está acompanhando o prefeito Careca, no evento com a duração de dois dias (12 e 13) de agosto, no Cacoal Selva Park Hotel, Linha E, Lote 65, Setor Prosperidade, onde estão sendo discutidos os problemas, dificuldades e os transtornos vividos pelos gestores municipais.

O evento “Caminhos para enfrentar a crise”, tem como principal objetivo apresentar aos gestores a pauta política e as alternativas para o enfrentamento da crise, sendo necessário unir forças para administrar a cidade, durante os dois últimos anos de mandato e fortalecer o compromisso de cada gestor municipal, com o movimento municipalista.

Careca elogia a Confederação e a Arom e seus respectivos presidentes, fazendo especial referência ao espírito combativo de ambos na defesa dos interesses dos municípios. “As dificuldades são muitas e precisamos garantir aprovação de Projetos de Lei que melhorem os percentuais em repasses federais, aproveitando estes momentos para discutir medidas favoráveis à facilitação da gestão municipal. Precisamos nos manter unidos, para estabelecermos um diálogo com nossos parlamentares e senadores”, ressalta Careca,

No primeiro dia do evento, os técnicos da CNM expuseram aos prefeitos um panorama apontando perdas que representam mais de R$ 89 milhões aos municípios de Rondônia. Em contraponto, as planilhas demonstram possível ganho de R$ 36 milhões pelas prefeituras rondonienses, caso o Congresso aprove aumento em 1% ao Fundo de Participação dos Municípios – FPM. A PEC 39/2013, que trata o assunto, já foi aprovada pelo senado e segue para a Câmara.

O cenário de crise econômica dos Municípios não é recente, mas tem se agravado ao longo dos últimos meses. “O Município tem buscado atender o que pede o cidadão e cumprir suas responsabilidades. No entanto, mesmo com o enorme sacrifício ao utilizar recursos próprios esgotados, fica cada dia menos viável desenvolver ações solicitadas e atender as normas jurídicas. Uma das soluções é discutir alternativas e buscar possíveis soluções para os problemas”, opina Careca sobre a realização do evento.