Junta Militar de Candeias do Jamari alerta jovens sobre prazo de alistamento Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

essa2

Cerca de 300 jovens devem se alistar para prestar o serviço militar neste ano em Candeias do Jamari. Esta é a expectativa da responsável pela Junta de Serviço Militar (JSM) no município, a secretaria Margareth Nunes de Morais Nascimento, com base em números dos anos anteriores.

Para se alistar, o jovem deve comparecer a Junta Militar que funciona em um prédio próximo à Prefeitura de Candeias, na Av. Tancredo Neves, nº 1829, Bairro União. A convocação é para os jovens nascidos em 1999. O atendimento é de segunda a sexta-feira no horário das 07h30 às 13h30 e devem comparecer munidos com os seguintes documentos: 1 foto 3x4, carteira de identidade ou certidão de nascimento/original, comprovante de residência e CPF.

O recrutamento militar compreende quatro fases distintas: alistamento, seleção (aspectos físicos, cultural, psicológico e moral), distribuição (encaminhado à Marinha, Exército ou Aeronáutica), e a incorporação com o ingresso do jovem nas Forças Armadas de sua preferência.

 Penalidades

 Quem não se alistar no prazo previsto estará em débito com o Serviço Militar na situação de “fora do prazo”. Ao não estar em dia com as suas obrigações militares, o cidadão não poderá obter passaporte ou prorrogação de sua validade; ingressar como funcionário, empregado ou associado em instituição, empresa ou associação oficial, oficializada ou subvencionada; e assinar contrato com órgãos públicos federais, estaduais e municipais.

 Outras penalidades previstas são: prestar exame ou matricular-se em qualquer estabelecimento de ensino; obter carteira profissional, registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para o exercício de qualquer função e licença de indústria e profissão; inscrever-se em concurso para provimento de cargo público; exercer, a qualquer título, sem distinção de categoria ou forma de pagamento, qualquer função pública ou cargo público, eletivos ou de nomeação; receber qualquer prêmio ou favor do Governo Federal, Estadual, dos Territórios ou Municípios.

“Aos jovens que perderem o prazo de alistamento por qualquer motivo, ele deverá comparecer a Junta de Serviço Militar, pagar a multa prevista na legislação vigente e realizar o seu alistamento militar para estar quite com o serviço militar. É importante reforçar que o alistamento militar é um ato obrigatório e não pode ser adiado e nem há prorrogação de prazo. Entretanto, durante a fase de alistamento poderá ser solicitado o adiamento de incorporação”, explicou.

A prestação do serviço militar é importante para a concessão do Certificado de Alistamento Militar (CAM). Este é o documento comprovante da apresentação para a prestação do Serviço Militar inicial. Será fornecido gratuitamente pela Junta de Serviço Militar (órgão alistador). Nos limites da sua validade, e com as anotações devidas, o CAM é, ainda, documento comprobatório de que o brasileiro está em dia com as suas obrigações militares.

Ler 338 vezes